sábado, 7 de dezembro de 2013

Meninas!!! Good News!!!!



Novidade!!!

Estou atualiazando direto o Mulheres Plurais. Entrem lá : http://www.mulheresplurais.com.br/  e participem do grupo que criei no Facebook https://www.facebook.com/groups/mulheresplurais/ para informações do dia a dia, troca de idéias, bate-papo,  desabafos. Coisas de mulher que a gente adora sempre.

Pode ser a dica de um livro bacana, uma exposição imperdível, uma viagem, um lugarzinho ótimo na esquina de casa, um artigo que vale a pena ser lido. Dica de onde comprar comida quando o esquema de casa sai do trilho, enfim... Assunto é o que não falta. Se está na roda de conversa, está no Mulheres Plurais.

Espero vcs lá!!

Muitos beijos,

Ana Paula

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Dica: Santinhos para Primeira Comunhão, cartões e convites

No final do ano passado minha filha mais velha fez 10 anos e, dias depois, teve a sua Primeira Comunhão.

Emoções a parte, meses antes eu revirei gavetas pesquisando santinhos que recebi ao longo dos anos e que guardei com carinho. Sabia que logo chegaria a hora de encomendá-los.

Dos vários lindos que vi, um em especial chamou a minha atenção. Era o da filha de uma amiga muito querida, que mora no Rio.

Ele tinha jeito de antiguinho e a imagem  clássica de uma criança recebendo a Comunhao das mãos de Jesus, com o anjo atrás. Tons pastéis e um detalhe sutil, perceptível apenas aos olhos mais atentos. A crianças era a filha dessa minha amiga. O rosto dela estava ali, impresso no santinho.

Na hora de escolher, não tive duvidas. Queria um assim para a minha pequerrucha também.

Liguei para a Danny e encomendei. Ficou um deslumbramento. De uma delicadeza sem igual. Clássico, atemporal. Realmente maravilhoso!

Como essa época do ano também costuma ter muita Primeira Comunhão, se a dos seus  filhos estiver chegando e você ainda não tiver feito os santinhos, liga para ela. Tenho certeza de que vai amar. Além desse modelo,  tem muitos outros. Ela é super criativa, tem um bom gosto danado e apesar de morar em Sao Paulo, é carioca e atende quem mora nas duas cidades.

Gostou da dica? Agora é só anotar os contatos e conferir!

Danny Lobo
ni.ni@me.com


O bacana dessa dica é  que além de santinhos, a Danny também faz cartões e convites bárbaros. Sou fã!! 

Mulheres Plurais. Camaleônicas.

do fundo do coração para todas vocês. mulheres plurais!
muitos beijos,
ana paula

p.s- estou de volta no ddd com força total, se Deus quiser. adoraria ter um feedback de quem acompanha o site. o que vcs querem ler? comportamento? dia a dia? dicas úteis??
tell me!!

xoxo,
ana paula


Mulheres Plurais. Camaleonicas. Mulheres com conteúdo.  

Sou mulher, filha, mãe, amiga, dona de casa, economista, advogada, administradora, arquiteta, decoradora, estilista, nutricionista, atleta, baba, motorista, professora particular, médica, enfermeira, plantonista, agente de viagem, psicóloga e o que mais a situação necessitar. 
 
Não sou melhor do que nenhuma outra mulher que estiver lendo este texto. No fundo somos todas assim. Plurais. Camaleônicas no melhor sentido. Capazes de nos adequar a qualquer situação - com a graça de Deus e saúde, naturalmente. 
 
Durante algum tempo me senti culpadissima por ter deixado  meu emprego no Rio e não ter voltado ao mercado de trabalho em SP (ainda). 
 
Confesso que de vez em quando, sinto uma pontada de culpa, ainda mais quando minhas maricotas - hoje crescidinhas- me perguntam porque não trabalho. 
 
Não trabalho? Será mesmo?
 
Quem organiza  as contas e não deixa faltar o leite sem lactose de um, o sucrilhos do outro, a chia e a granola do outro? Quem revê os menus e se preocupa em checar qual a bisnaguinha que tem menos sódio, o cookie de chocolate com farinha integral e orgânico,  as frutas para os sucos frescos, os legumes? 
 
Quem ensina - todos os dias - a comer de boca fechada, a segurar os talheres direito, a manter os braços colados ao corpo durante as refeições? Quem incentiva a ir para a natação quando está frio ou quando, por motivo algum, os filhos insistem em dizer que odeiam natação? Quem revê a lição de casa e a lista de provas da escola?
 
Quem ensina a conversar ao invés de gritar, a ter bom modos, a dizer sempre a verdade?
 
Sei que tudo isso é perfeitamente possível quando se trabalha fora também, não tenho a menor dúvida. Mas quando não se trabalha fora, qualquer falha, erro, item da geladeira que possa faltar passa a ser incompetência de QUEM NÃO FAZ NADA. A agenda oculta ( e na maioria das vezes enorme) não é valorizada. 
 
Não gosto da ideia de atribuir culpa a isso ou àquilo, mas essa questão me faz pensar no mundo apressado e consumista que vivemos hoje em dia. Hora de parar e repensar. 
 
Aqui em casa, gosto de deixar claro uma coisinha muito, muito simples. Não sou perfeita. Erro, fico cansada, perco a paciência. Tenho meus dias não tão bons assim, sinto sono e cansaço. Quando fico triste choro e quando estou alegre dou gargalhada. Tem dias que esqueço de algum item da lista do supermercado e no café da manhã pode até faltar algo. Peço desculpas. Não sou infalível, embora me esforce para deixar tudo da melhor maneira. Faço tudo com amor e da minha melhor maneira. Mas tem vezes que o meu melhor não é bastante. Sei disso. Nunca será. Faz parte. 
 
Esqueço, me atrapalho, me confundo. Para o caso de esquecerem: sou mãe mas sou de carne e osso. 
 
Certa vez, li no livro "Mãe minuto" uma frase que adorei e que desde então uso frequentemente: "Mãe também é gente".
 
Cuidar da casa é um trabalho. Educar os filhos ensinando para eles as verdadeiras virtudes é um trabalho de formiguinha, mas que renderá frutos eternos. 
 
Se você der exemplos diários  para seus pequenos de que dizer a verdade é importante, eles não mentirão. Se você cumprimentar  com um bom dia animado - e olhando nos olhos- o ascensorista da academia de ginástica e todos que passarem pela sua frente desde a hora que você acorda - será natural para seus filhos saudar quem lhes cruzar o caminho. 
 
Se quando você errar, aumentar o tom ou perder a paciência tiver a humildade de pedir desculpas, eles aprenderão a se desculpar sem dificuldade e com sinceridade (importantíssimo!).
 
Se você tratar as pessoas com respeito e cuidado, eles serão atenciosos e sensíveis aos próximos. Não humilharão. 
 
Se você souber ouvi-los, eles te escutarão e se você acolher, será acolhida. 
 
Se for compreensiva ao próximo, ensinará que não se deve julgar. As pessoas não tem as mesmas oportunidades. 
 
Essas e outras pequenas atitudes não são "ensináveis" na teoria.
 
Os filhos aprendem com nossos exemplos muito mais do que com nossos discursos. 
 
Palavras sem exemplo não tem força. São só palavras jogadas ao vento. 
 
O trabalho em casa, embora muitas vezes seja pouco reconhecido, se for feito com dedicação e profissionalismo, é um ofício tão importante quanto qualquer outro. 
 
Edificar a família , ensinar as virtudes para os filhos, construir, no lar um lugar onde o amor, a verdade e a união sejam como uma bússola, exige dedicação, perseverança, paciência, sabedoria. 
 
Formar o caráter dos filhos é uma obrigação e um trabalho de valor inestimável.
 
E quando a culpa resolve vir me dar o ar da graça -às vezes ela é insistente - me lembro  de que  formar o caráter dos filhos e ensina-los, na prática, a viver as virtudes é minha obrigação de mãe, me tranquilizo. 
 
A cada dia basta o seu cuidado e na hora certa, se assim for para ser, votarei  ao trabalho também. Quem sabe escrevendo sobre o dia a dia, situações que acontecem em todas as famílias ou o que quer que seja. Não sei. 
 
Está entregue! Enquanto isso: mãos a obra. Educar não é trabalho para preguiçoso!
 

Textinho- Love the burn? I don't!

Meninas, tenho até vergonha de confessar, mas preciso contar um segredo: acho uma chatice essa historia de " Love The burn" e de declarar guerra as comidinhas deliciosas, que além de gostosas dão uma sensação de cuidado, carinho, afeto. 

Nada de transferir carências para os alimentos e sair por ai comendo destrambelhadamente tudo o que aparecer pela frente. Também não estou pregando a favor do sedentarismo. De jeito nenhum. 

Só não amo acordar cedo e ir direto para a ginástica nem prefiro um prato de salada a uma massa al dente com molho divino. 

Em sã consciência não vou escolher uma barra de cereal no lugar de um brigadeiro recém enrolado ou de um pão de queijo quentinho. 

No entanto, com a chegada dos trinta, precisei começar a aprender a fazer escolhas - nem sempre as que eu gostaria. E de escolher - com precisão cirúrgica - cada caloria que acho que vale a pena. 

Equilíbrio, disciplina, força de vontade para manter a balança - mais ou menos- dentro dos mesmos números. Essa sim tem sido a mais difícil de todas as ginástica.

Voltando ao "Love The burn". Realmente I don' t. 

Amo minha cama macia, o cheiro e o gosto do bolo quente, a mesa do café da manhã com pão fresquinho, suco natural. Várias xícaras de café com leite. Iogurte com granola e nesfit.  Tapioca com geléia  de framboesa, família em volta da mesa, música tocando no fundo. Isso é o que eu realmente amo.

Mas como também  amo vestir a calça jeans e ela caber direitinho, colocar shorts e não ter nada pulando pelas laterais, fechar o zíper sem precisar deitar na cama, preciso me ajustar a " regra" da compensação. Sei que não é o ideal. Perfeito seria uma alimentação balanceada, regrada e equilibrada todos os dias. Todas sabemos disso aliás. 

Muito bem. Mas enquanto der para seguir compensando e fazendo ginástica - ainda sem amor à queimação, mas por uma boa saúde nos próximos anos, vou seguindo assim. 

E se for para pirar por alguma coisa, que seja por uma sobremesa bárbara.  Se for para perder a hora, que seja faltando o Pilates. Se for para sair da dieta, que seja por fornada de cookies -cheios de amor -feito pelas minhas pequenas. 

Tem coisas na vida que simplesmente não tem preço, não tem calorias, não voltam mais. Sair da rotina de vez em quando faz um bem danado. 

A vida pode -e deve- ser surpreendentemente deliciosa. 

Por uma vida cheia de alegria, abraços apertados, beijos estalados, pés na areia e muito amor sempre. Tudo vale a pena! 


terça-feira, 10 de setembro de 2013

Festa Kids: Caraminholando, em SP e Madame Tutu, Rio

Para as que ainda não sabem, além do blog novo que entrou no ar no meio de agosto, fiz dois grupos no FB para trocas de informações, perguntinhas, bate-papos, ajudas on line: Delírios da Madame e Ponte Aérea (SP-Rio), com dicas das duas cidades. Para se tornar membro é só solicitar que adiciono.

Outro dia, perguntei sobre dicas de decoradoras/organizadoras de festas infantis em SP e no Rio.

Amei várias, especialmente a Caraminholando, em SP e a Madame Tutu, no Rio. Festas cheias de personalidade, charme e bossa.

Acessem e divirtam-se também!!!

Caraminholando
http://www.caraminholando.com.br




Madame Tutu




http://www.madametutu.com.br/

quinta-feira, 18 de julho de 2013

ARTIGO RIO- Feira de Arte Contemporânea

Para quem está no Rio e curte arte, a ARTIGO RIO é uma ótima opção de programa.
Vai até o dia 21 de julho, no Centro de Convenções Sul América 

quarta-feira, 17 de julho de 2013

Novidade-Instagram

Nos sigam no Insta: ponteaereariosp

Programinha Carioca Delicioso-A vida pode e deve ser doce



Quando estou no Rio, adoro a dobradinha almoço no Celeiro + passeio pelo Leblon.


Dessa vez, aproveitei para conhecer a Venchi, sorveteria “novidade”ali do lado. Para chocólatras, como eu, sugiro o sabor “Brutto&Buonno”.  Bom mesmo!



Para quem não quiser esticar muito a caminhada, só um pulinho na Felipa, loja de espadrilles um pouquinho adiante, do outro lado da rua.


Programinha carioca delicioso. Para quem curte andar, a dica é ir caminhando até a praia, sentar num quiosque, pedir uma água de côco e assistir o sol se pôr. A vida pode – e deve- ser doce.

Merece aplausos. De pé!



Brownie do Luiz- Muito bom!


Adoro vir para o Rio e me inteirar das carioquices deliciosas de cada temporada.

Não sei se quem mora nessa cidade maravilha se da conta de como sao gostosas essas descobertas. Sutilezas apaixonantes!

Já teve a vez dos sucos Do Bem que saíram das praias cariocas e conquistaram os paulistanos mais bairristas. Agora, a onda da vez é o Brownie do Luiz. 



Para quem não faz ideia do que se trata, é o seguinte: dentro de uma caixinha prá lá de charmosa, casquinhas de Brownie macias e crocantes na medida certa. Daquelas gostosuras que a gente começa a comer e não consegue mais parar. pura perdição.  

Mais uma dessas coisas que são inventadas no rio e logo logo viram sucesso por aí.

Vamos torcer para aparecem nos supermercados paulistanos. Vai virar hit!

quinta-feira, 27 de junho de 2013

Loja SALA Design, Jardins


Hoje de manhã o passeio foi pelas lojinhas dos Jardins. Com o tempo fechado, o frio e o finalzinho da virose que o pequeno pegou, decidi levá-lo para uma bateção de pernas ao ar livre.

Abaixo, algumas fotos da loja SALA, dica da minha amiga querida e mais que antenada, irmã de coração, Re Di Biase. Como tudo que ela indica: nota 10!

Há tempos eu estava tentando ir lá, mas com o trânsito e o corre-corre, acabava deixando para depois. Hoje, fui deixar a minha filha na casa de uma amiga ali perto e aproveitei para tirar o atraso.

Na SALA, amei a descoberta das almofadas da marca holandesa Pip Studio. Deslumbrantes. Eu já tinha ficado enlouquecida pelos papéis de parede dela que vi na Orlean algumas semanas atrás, para colocar no quarto de uma das minhas maricotas. Desisti de comprar os papéis de parede aqui (a diferença de preço é monstruosa), mas as almofadas são incríveis e, se Deus quiser, irão para cima da cama.

Enfim. Achei a loja uma delícia. Dá para passar horas lá dentro.  

No final, paradinha estratégica para o pãozinho de queijo do Tião, na Rua Haddock Lobo. Quem não ama?!










quarta-feira, 26 de junho de 2013

Dica de Restaurante em Madrid - Ten Con Ten

Meus pais estão em Madrid e acabaram de ligar dizendo que jantaram num restaurante bárbaro: Ten Con Ten.
Dos mesmos donos do El Paraguas, que eu amo. Estou louca para ir.
Quem estiver por lá nas próximas férias, pode experimentar.


Sales Therapy



Terapia é uma delícia quando precisamos acertar os ponteiros e estamos com tempo para ficar batendo papo e analisando nossas atitudes. Realmente adoro.
Mas têm dias que tudo o que a gente quer é não pensar em nada. Se der para chamar uma amiga para bater pernas e bater papo,  melhor. Se durante o passeio, encontramos algum "achado" no meio do caminho, pronto! Ganhamos o dia.
Para fechar com chave de ouro, uma xícara de café ou um chocolate quente com um sanduichinho de pão de miga de gruyere com peito de peru. Minha sugestão? Pit stop na PatinPiva ou no Pain Quotidien.
A vida pode - e deve- ser divertida!!!

Bons Achats!!!

Ps- já que quase todas as lojas estão liquidando, fiz uma listinha de algumas que acho imperdíveis! 
Do closet para a casa!




Notícias do Dia - Receita e blá blá blás

Ontem, escrevi que esse frio aumenta a minha fome. Verdade.
Hoje, abri o Caderno Comida e dei de cara um um bolo feito na caneca que parece ser delicioso. Vou fazer a tarde, para comer durante o jogo do Brasil.
Pipoca, bolinhos na caneca, um sofá confortável e uma manta quentinha combinam muitíssimo bem com essa chuvinha chata e esse tempo horrível que está fazendo lá fora.

A receita é a seguinte:

30 g de chocolate
2 e 1/2 colheres de sopa de açúcar cristal
2 colheres de sopa de manteiga
10 castanhas do Pará ( vou pular porque minhas maricotinhas não gostam)
1 colher de chá de farinha de trigo
1 ovo( gema e clara separados)
1/2 colher de café de fomento em pó
Açúcar de confeiteiro para polvilhar

Misturemos açúcar, a gema e a manteiga.
Adicione as castanhas, a farinha e reserve.
Bata a clara em neve, adicione o fermento e incorpore ao creme reservado. Acrescente os demais ingredientes.
Unte as canecas com manteiga e farinha.
Despeje a massa nas canecas e polvilhe açucare confeiteiro por cima.
Leve à geladeira e deixe descansarmos uma hora.
Depois, assem em forno preaquecido a 180°C, por cerca de 15 minutos.
Polvilhe um pouco mais açúcar de confeiteiro e sirva em seguida, com o bolo ainda quente.

Toque pessoal: coloque uma colher de sorvete de creme e, se for chocólatra, faça uma calda de brigadeiro mole para jogar por cima.

Não sei qual será o resultado do jogo, mas essa receita bate um bolão!